Atendimento:
(48) 3028-5312
(48) 3879-4479

contato@melissabristot.com.br

Endereço:
Ed. Belo Empresarial – Av. Osmar Cunha, Nº 126
Rua Nereu Ramos, Nº 96 – (sala 213)
Centro Florianópolis/SCObs: (Edifício com entrada nas 2 ruas)

Horários:
2ª feira – 5ª feira:
8h30 – 12h00 | 13h00 – 18h00
6ª feira:
9h00 – 12:00 | fechado na parte da tarde

Dra Melissa Bristot - Dermatologista | Linfomas de Pele: saiba como identificar!
16396
post-template-default,single,single-post,postid-16396,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-15.0,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Linfomas de Pele: saiba como identificar!

Linfomas de Pele: saiba como identificar!

Linfoma é um câncer que começa nas células denominadas linfócitos, que fazem parte do sistema imunológico do corpo.

Tipos:
. Linfoma de Hodgkin, que é muito pouco frequente e com mais chances de cura
. Linfoma não Hodgkin, que tem mais de 50 tipos diferentes que podem ser mais graves ou difíceis de tratar. Este linfoma contém todos os outros linfomas, incluindo os linfomas cutâneos.

Causas:
Não existe uma causa muito definida para o desenvolvimento da doença, porém, o sistema imunológico parece desempenhar um papel importante em alguns casos do linfoma. Pessoas com deficiências imunológicas, devido às condições herdadas, tratamentos medicamentosos, transplantes de órgãos ou infecção por HIV, têm uma chance muito maior de desenvolver o linfoma do que pessoas sem uma deficiência imunológica.

Sintomas:
. Ínguas inchadas, que provoca caroços no pescoço, perto da clavícula, na axila, no abdômen ou na virilha;
. Febre persistente;
. Suor noturno;
. Cansaço e mal-estar;
. Coceira constante por todo o corpo;
. Perda do apetite;
. Emagrecimento sem causa aparente;
. Falta de ar e tosse.

Tratamento:
O tratamento pode incluir quimioterapia, radioterapia ou transplante de medula, sendo que o linfoma Hodgkin tem mais chances de cura do que o linfoma Não-Hodgkin e, os melhores resultados são alcançados quando a doença é descoberta e tratada precocemente.

É importante lembrar que na maioria dos casos não será linfoma, podendo ser gripe, alergias, entre outras causas. Em caso de dúvida, procure um profissional de saúde para ajudá-lo. Não deixe o tempo passar!