Atendimento:
(48) 3028-5312
(48) 3879-4479

contato@melissabristot.com.br

Endereço:
Ed. Belo Empresarial – Av. Osmar Cunha, Nº 126
Rua Nereu Ramos, Nº 96 – (sala 213)
Centro Florianópolis/SCObs: (Edifício com entrada nas 2 ruas)

Horários:
2ª feira – 5ª feira:
8h30 – 12h00 | 13h00 – 18h00
6ª feira:
9h00 – 12:00 | fechado na parte da tarde

Dra Melissa Bristot - Dermatologista | IPCA (indução percutânea de colágeno por agulhas) Eletroderme e Microagulhamento
16561
post-template-default,single,single-post,postid-16561,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-15.0,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

IPCA (indução percutânea de colágeno por agulhas) Eletroderme e Microagulhamento

IPCA (indução percutânea de colágeno por agulhas) Eletroderme e Microagulhamento

Esta técnica consiste em produzir furos minúsculos na pele através de um aparelho, o qual possui dezenas de microagulhas. Esta ação é capaz de desencadear mediadores químicos os quais estimulam os fibroblastos a produzirem mais colágeno e elastina assim restaurando a pele danificada.

É indicado principalmente para rejuvenescimento, tratamento de flacidez e estrias, cicatrizes de acne, clareamento de melasma entre outras.

O procedimento é realizado sobre anestesia local nos casos de tratamento de estrias e flacidez e cicatrizes de acne, no caso de melasma e rejuvenescimento são feitas através de anestesia em creme. A recuperação é rápida, fazendo com que o paciente retorne as suas atividades normalmente em curto espaço de tempo.

O IPCA é um procedimento cirúrgico, logo deve ser feito por médico dermatologista qualificado, pois irá avaliar o caso com clareza e indicar o tratamento correto.

Uma técnica de IPCA muito usada é a eletroderme, um sistema de radiofrequência microagulhada o qual utiliza agulhas finíssimas, banhadas a ouro e estéreis, de uso único, para a segurança dos pacientes. Estas microagulhas perfuram as camadas superiores da pele chegando até a derme aonde é disparada a radiofrequência, exatamente no ponto onde se encontram os fibroblastos, que são as células produtoras do colágeno. O microagulhamento atua desencadeando a formação de novas células na pele e a radiofrequência estimula a produção de novas fibras de colágeno. No final de algumas semanas a pele se torna mais firme e com menos rugas.

 

Ficou com alguma dúvida? Venhas nos fazer uma visita e agende uma consulta!

(48)3028-5312 | (48) 3879-4479

www.melissabristot.com.br