Atendimento:
(48) 3028-5312
(48) 3879-4479

contato@melissabristot.com.br

Endereço:
Ed. Belo Empresarial – Av. Osmar Cunha, Nº 126
Rua Nereu Ramos, Nº 96 – (sala 213)
Centro Florianópolis/SCObs: (Edifício com entrada nas 2 ruas)

Horários:
2ª feira – 5ª feira:
8h30 – 12h00 | 13h00 – 18h00
6ª feira:
9h00 – 12:00 | fechado na parte da tarde

Dra Melissa Bristot - Dermatologista | Microinfusão de Medicamentos na Pele
16033
page-template-default,page,page-id-16033,page-child,parent-pageid-16017,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-15.0,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Microinfusão de Medicamentos na Pele

MMP – O QUE É?
Trata-se de uma marca registrada que foi inicialmente idealizada por Samir Arbache e Dirlene Roth que preconiza introduzir medicamentos na pele de uma forma inovadora utilizando uma máquina com um sistema vibratório e com agulhas na ponta.
Este sistema faz parte de um tipo de tratamento que podemos chamar de Drug Delivery.

Drug Delivery pode ser traduzido como uma forma de introduzir medicamentos na pele, diferente da ingestão via oral e também do uso de cremes.
Existem vários tipos de Drug Delivery utilizando laser, radiofrequência e o microagulhamento.
A ideia principal é que a medicação atravesse melhor a parte superficial da pele e penetre mais profundamente, atingindo alvos localizados na derme e hipoderme, e aperfeiçoando tratamentos de doenças cutâneas ou do próprio envelhecimento.

Para cada tipo de problema é usada uma medicação específica. Podemos combinar medicações ou ativos na mesma aplicação, porém as mesmas devem ser misturadas sempre começando com a medicação de menor PH e ir subindo progressivamente. Várias alterações dermatológicas têm sido tratadas com a técnica de MMP. Tais como:

1. Tratamento da calvície 
Colocar o paciente em posição adequada, limpar a região da calvície, usar anestésico tópico por quinze minutos.
A profundidade da agulha, pressão utilizada e velocidade da vibração serão sempre ajustados para cada indivíduo.
As medicações utilizadas devem ser estéreis e como exemplo citamos: finasterida, minoxidil, bimatoprosta, vitaminas, fatores de crescimento entre outros.
São realizadas sessões com intervalo de 20 – 30 dias e em geral feitas 10 sessões.

2. Tratamento da alopecia areata 
A alopecia areata é uma doença autoimune que também pode ser tratada com MMP ® e os parâmetros são semelhantes ao tratamento utilizado para a calvície, porém as drogas são diferentes, como: corticoide, ciclosporina e metotrexato.

3. Tratamento do Melasma 
O Melasma é uma doença crônica de difícil tratamento.
O MMP pode ser de grande ajuda pois também melhora a qualidade da pele, além de permitir maior penetração da medicação específica.
A pele é limpa e anestesiada por quinze minutos.
A profundidade da agulha, pressão utilizada e velocidade da vibração será sempre ajustados para cada indivíduo
As medicações utilizadas são: ácido tranexâmico, vitamina C, entre outros.
São realizadas cerca de 4-6 sessões com intervalo de 20 dias.
Lembrar que por picar ligeiramente a pele e gerar orvalho sangrante, requisitamos os fatores de crescimento naturais que melhoram o brilho, a qualidade e a tonificação da pele.

4. Tratamento de estrias
As estrias são cicatrizes que aparecem na pele devido a fatores não totalmente conhecidos e aparecem principalmente na puberdade, gravidez e situações de grande variação de peso.
As estrias podem ser vermelhas e recentes ou brancas e antigas.
Quando vermelhas podem ser tratados com determinados tipos de laser que destroem os vasos, diminuindo a inflamação e neutralizando o processo de destruição das fibras de colágeno e elastina. O MMP é um excelente tratamento para as estrias brancas.
O local deve ser previamente limpo e anestesiado.
A profundidade da agulha, pressão utilizada e velocidade da vibração será sempre ajustados para cada indivíduo
O trabalho é minucioso, estria por estria com pressão média e sem arrastar a agulha.
Usamos misturas com glicosaminoglicanos, ácido hialurônico, vitaminas, entre outros.
São feitas de 4-8 sessões com intervalo de 20-30 dias.

5. Tratamento de Leucodermia Solar (manchas brancas) 
Leucodermia solar, ou leucodermia gutata, conhecida popularmente como “sarda branca”, são manchas esbranquiçadas nas áreas expostas ao sol, principalmente nos antebraços e pernas, que ocorrem pelo dano cumulativo, causado pelos raios ultravioleta ao longo da vida. É bastante frequente na população.
O quadro clínico é de manchas brancas, arredondadas, geralmente de 2 a 5 mm de diâmetro, que ocorrem nas áreas de maior exposição solar.
Até pouco tempo era uma condição de difícil tratamento, porém com o surgimento da recente e inovadora técnica de MMP® conseguimos ótimas respostas de repigmentação dessas manchas.


Protocolo de tratamento:
A medicação é infundida em cada mancha individualmente, geralmente são necessários uma a duas sessões (com intervalo de 30 dias) para a repigmentação das manchas. Formação de pequenas crostas no local que podem durar de 15 a 20 dias. Orienta-se o uso diário de hidratantes e filtros solares durante o período de cicatrização. Evitar exposição solar por 7 dias. Retorno imediato às atividades. Com esse procedimento estimulamos os melanócitos (células que produzem melanina) a produzirem pigmento. A prevenção do surgimento da leocodermia gutata consiste no uso regular de filtros solares e sua correta reaplicação.